carregando

Município de Guabiruba

Código IBGE: 4206306

Matias Kohler (PP)

PREFEITO(A)

Valmir Zirke (PP)

VICE-PREFEITO(A)

Prefeitura

(47) 3308 3100
Rua Brusque, 344, Centro - 88360-000

Câmara Municipal

(47) 3354 0655
Rua 10 de Junho, 253, Centro - 88360-000

Prefeitura

(47) 3308 3100
Rua Brusque, 344, Centro - 88360-000

Câmara Municipal

(47) 3354 0655
Rua 10 de Junho, 253, Centro - 88360-000

Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável

Índice não definido

Transferências Constitucionais

ICMS E FPM nos últimos anos

GuiaSC

Caminhada Ecológica e Religiosa do Morro São José

COVID-19: ATENÇÃO

Devido ao enfrentamento a pandemia, os atrativos naturais de Guabiruba estão com regulamentações para os visitantes e moradores.

As regulamentações estão expressas no Decreto 1120/2020.

Sendo elas:

- Acesso restringido somente aos pedrestes e ciclistas nestes locais.

- Uso obrigatório de máscara de proteção facial.

- Proibido aglomerar pessoas.

- Tempo de permanência no local de no máximo 30 (trinta) minutos;

Fica expressamente proibido acampar, acender fogueiras, consumir bebidas alcoólicas, e utilizar sistemas sonoros (caixas de som portáteis, alto falantes, entre outros) durante a permanência no atrativo

Respeite as normas e tenha um bom passeio!

---

 

O Morro São José é um dos principais pontos de lazer em Guabiruba, é onde os visitantes buscam um maior contato com a natureza, contemplam o nascer e por do sol e fotografam os mais incríveis momentos.

A Caminhada Ecológica e Religiosa do Morro São José pode ser feita através de uma trilha com percurso de aproximadamente dois quilometros, contando com mais de 40 pontos de oração com a imagem de santos e suas orações, é um caminho de fé e peregrinação, mas também muito procurado por aqueles que gostam de apenas caminhar entre a natureza.

No alto do morro há um acesso separado para o Oratório de São José, onde é possível ter uma vista panorâmica da cidade. Outro acesso leva à pista de parapente. O tempo aproximado para realizar a subida é de 1h20. O Ponto de partida da Caminhada de São José fica no bairro Aymoré, na Rua Carlos Boos, 2700 - Guabiruba, a 4km do Centro da Cidade.

História

Segundo nos conta o Pe. Eder Cláudio Celva no livro: História da Igreja Católica em Guabiruba: cinquentenário da Paróquia (2013), os colonos Guabirubense há muitos anos vinham sofrendo com tempestades e frequentes chuvas de granizo, que devastavam as lavouras, chegando até a matar animais pelo tamanho e densidade das pedras. A verdadeira calamidade aconteceu em 05/10/1962, quando foram dizimadas muitas lavouras, animais domésticos e até animais silvestres foram encontrados mortos. A tempestade de granizo – que durou apenas 8 minutos -, foi tão violenta que, em alguns lugares, foi suficiente para chegar à quase meio metro de espessura e, mesmo dias após, em algumas partes o gelo das grotas ainda era encontrado com facilidade. Foi a gota d'água. O Padre Mathias se compadeceu dos colonos e procurou resolver o caso, apelando ao patrocínio de São José, padroeiro dos trabalhadores. A Primeira cruz Pe. Mathias Engel falou aos fieis que era preciso escolher um lugar alto, para proceder com uma bênção a todo o município. Em final de 1962, com alguns homens do bairro Aymoré, o Padre subiram a montanha, abrindo uma picada a facão. Chegando ao topo, ficaram extasiados com a maravilhosa vista. Após descanso, ergueram uma tosca cruz. O Pe. Mathias então lançou o desafio para que fosse construído um cruzeiro de concreto em substituição ao provisório. A ideia contagiou as pessoas e iniciou-se o mutirão para levar até o local desejado o ferro, cimento, areia e água. No Natal de 1962, a cruz estava pronta, esperando para ser abençoada. Em 06/01/1963, o povo adentrou a picada em procissão, levando as provisões necessárias. No final do trajeto, houve pausa para descanso e para apreciar a vista espetacular, verdadeira recompensa da natureza depois da íngreme subida. Foi então fincada, no melhor ponto, a cruz em honra de Cristo Rei e, aos pés da cruz, Pe. Mathias fez o sermão e uma alusão ao sacrifício que haviam acabado de fazer. Para terminar, arrancou lágrimas dos presentes quando benzeu o cruzeiro, e consagrou o recém-fundado município de Guabiruba à Jesus Cristo e a São José. O Oratório São José Ainda em 1963, o acesso ao morro foi melhorado e iniciada a construção de um oratório, a capelinha de São José. Todo o material novamente teve que ser transportado nas costas e até as crianças da escola ajudaram, levando, em sacos, pequenos volumes de areia e tijolos. O oratório foi bento em 07/09/1964 e o lugar onde foi implantada a capelinha recebeu o nome de Morro de São José. Em 2012, a capelinha passou por melhorias e foi construída uma nova cruz, bastante alta, e o primeiro galpão de alvenaria. A capelinha de São José completou 50 anos em 2014, ocasião em que o local foi revitalizado. Fontes: Rosemari GLATZ (2017) e Éder Cláudio CELVA (2013).

Turismo em números

O Que Fazer 18
Onde Comer 19
Onde Ficar 2
Serviços 42