carregando

Município de Itaiópolis

Código IBGE: 4208104

Reginaldo José Fernandes Luiz (PSD)

PREFEITO(A)

Alvaro Heilmann (PR)

VICE-PREFEITO(A)

Prefeitura

(47) 3652 2211
Av. Getúlio Vargas, 308, Centro - 89340-000

Câmara Municipal

(47) 3652 2233
Av. Tancredo Neves , 68, Centro - 89340-000

Prefeitura

(47) 3652 2211
Av. Getúlio Vargas, 308, Centro - 89340-000

Câmara Municipal

(47) 3652 2233
Av. Tancredo Neves , 68, Centro - 89340-000

Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável

Índice não definido

Transferências Constitucionais

ICMS E FPM nos últimos anos

GuiaSC

Casa Polaski

A Casa Polaski foi comprada pelo IPHAN em 2008 que desde então iniciou os trabalhos para sua recuperação, o imóvel representa um exemplar da arquitetura eslava em Itaiópolis, localizada na Rua Padre João Kominek, nº 120, foi edificada no ano de 1928, tendo como seus primeiros proprietários, Sr. Theodoro Smangorzewski e Martha Minikowka, no local funcionaram um armazém e um banco. A família Polaski foi a última proprietária do imóvel. Após ser comprada pelo IPHAN, em um primeiro momento foi executado o restauro emergencial, em um segundo momento o projeto de restauro estrutural incluindo o galpão que estava praticamente em ruínas, e no final de 2012 iniciou a execução do projeto de restauro da casa e do anexo finalizado em dezembro de 2013. Situada na região do Alto Paraguaçu, a 7 km da cidade de Itaiópolis em Santa Catarina, a casa Polaski, é sem dúvida um dos exemplos remanescentes mais importantes da cultura Polonesa na região.

Sua característica principal está presente na particular configuração construtiva, sendo esta composta por fachada frontal em alvenaria, telhado de telha cerâmica francesa e corpo constituído completamente por madeira, inclusive suas paredes internas. A Associação Cultural Polonesa de Itaiópolis recebeu a Casa em comodato destinando o seu uso como espaço cultural, espaço de exposição, visitação e hostel. A partir de então passou a funcionar como Albergue e Centro de Difusão Cultural.

A Casa Polaski é um exemplar único, representativo da arquitetura comercial da região de imigrantes poloneses e ucranianos. É também exemplo singular de construção mista, em madeira com fachada de alvenaria. A composição da fachada apresenta arranjos e proporções que tendem ao neoclássico. As laterais são ocupadas por amplas varandas de madeira.

Em planta, o térreo é dividido simetricamente entre a área do armazém e a da residência.

O armazém é dividido por uma ampla área frontal (onde funcionava o comércio) e a área dos fundos, onde ficam depósitos e área de serviço. Na casa, a porta (que não está no eixo simétrico da fachada) dá acesso ao hall, onde está a escada que leva ao sótão. O primeiro pavimento é o sótão, pois foi aproveitada a altura dada pela inclinação do telhado, sem forro na parte mais alta. No sótão ficavam os quartos e, possivelmente, também uma área de lazer.

Fonte: UDESC.

Turismo em números

O Que Fazer 44
Onde Comer 24
Onde Ficar 3
Serviços 39