carregando

Município de Tubarão

Código IBGE: 4218707

Joares Carlos Ponticelli (PP)

PREFEITO(A)

Caio César Tokarski (PSD)

VICE-PREFEITO(A)

Prefeitura

(48) 3621 9000
Rua Felipe Schmidt, 108, Centro - 88701-180

Câmara Municipal

(48) 3621 0900
Rua Otto Feurschuette , 420, Vila Moema - 88705-020

Prefeitura

(48) 3621 9000
Rua Felipe Schmidt, 108, Centro - 88701-180

Câmara Municipal

(48) 3621 0900
Rua Otto Feurschuette , 420, Vila Moema - 88705-020

Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável

Índice não definido

Transferências Constitucionais

ICMS E FPM nos últimos anos

GuiaSC

Memorial Anita Garibaldi

Ana Maria de Jesus Ribeiro, que mais tarde se tornaria Anita, nasceu no ano de 1821 em Morrinhos, então município de Laguna, hoje Tubarão. Em 1835, casou-se com o sapateiro Manoel Duarte Aguiar, forçada por sua mãe. O casamento foi um fracasso pois Ana não gostava de Manoel. Não tiveram filhos. Aos 18 anos Ana conheceu o revolucionário Giuseppe Garibaldi, que lutava na Revolução Farroupilha. Desde o seu encontro, Garibaldi passou a chamá-la pelo diminutivo de Anita. Em seus registros Giuseppe avistou Anita do mar, e resolveu desembarcar para procurá-la. Apaixonaram-se ao primeiro encontro, e Anita o seguiu em sua luta na Revolução, tendo guerrilhado bravamente ao lado de Giuseppe por Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Uruguai até irem defender a unificação da Itália.

 

O Governo italiano reconhece até hoje a bravura de Anita Garibaldi na guerra pela unificação italiana, dando a ela o título de “Heroína de dois Mundos”. Na Itália, durante a fuga em uma guerra, Anita veio a falecer grávida do 5º filho de Garibaldi. Considerada, no Brasil e na Itália, um exemplo de dedicação e coragem, em abril de 2012 foi sancionada a Lei 12.615 que determinou que seu nome fosse inscrito no Livro dos Heróis da Pátria, depositado no Panteão da Liberdade e da Democracia, em Brasília. Por sua representação heroica e como marco histórico o governo italiano, em 1932, homenageou a memória de Anita Garibaldi, construindo um monumento na comunidade de Morrinhos, onde nasceu. A base do monumento é um obelisco em pedra, com duas placas em bronze fixadas, uma na base e outra no centro da estrutura. A maior delas traz uma inscrição em latim, projetada pelo arquiteto italiano Taurin.

 

Posteriormente, outros monumentos foram construídos, tornando o local um conjunto monumental de diferentes épocas e estilos, mas sempre com o objetivo de homenagear Anita Garibaldi. Fazem parte do conjunto: “Canhão de Armada”, com base de concreto sobre o qual foi apoiado, o canhão é de um dos navios em que a heroína lutou. Localizado à direita, um pouco atrás do Obelisco está o Painel em concreto feito em alto relevo, obra do artista plástico Willy Zumblick, que representa o episódio em que Giuseppe e Anita se encontram na Fonte da Carioca em Laguna. Esse, aliás, é um dos episódios narrados de forma romantizada e poética e faz parte do imaginário cultural. Embora não tenha sido feita por Zumblick, há ainda um poço de tijolos construído também como lugar marco desse encontro. Na lateral oposta, à esquerda, foi criado outro painel em concreto emoldurado por uma estrutura de tijolos aparentes. A imagem em alto relevo apresenta Anita ao centro, em pose heroica, ladeada por combatentes revolucionários. O conjunto está apoiado em duas espadas cruzadas e sobre a estrutura está um pequeno canhão moldado em concreto. A obra é atribuída a Dorival Mateus de Oliveira.

 

Dúvidas ou informações: Departamento de Turismo da Prefeitura de Tubarão

 

Telefone: (48) 3621-9019

 

E-mail: turismo@tubarao.sc.gov.br

Turismo em números

O Que Fazer 37
Onde Comer 120
Onde Ficar 15
Serviços 11